Infraestrutura

Educação A educação em Tupanaci passou por transfomações no decorre do tempo. Em registro oficial da década de 50, encontra-se a existencia da Escola Isolada de Tupanaci (E.I), que era constituida de uma só turma de alunos, entregue a um...

Publicado em

Educação

A educação em Tupanaci passou por transfomações no decorre do tempo. Em registro oficial da década de 50, encontra-se a existencia da Escola Isolada de Tupanaci (E.I), que era constituida de uma só turma de alunos, entregue a um só docente. No ano de 1960, há um apelo para a construção de uma Escola Típica Rural, mas há somente a transformação para Escola Mínima Tupanaci.

 

O Secretário de Educação e Cultura, através da portaria de n° 4.645 de 30 de novembro de 1978, determina que a Escola Mínima Tupanaci, passe a denominar-se Escola Mínima Francisco Bernardino de Sá Carvalho. Em Janeiro de 1982 autoriza o funcionamento do curso de primeiro grau (1° a 4° série).

 

Em portaria n° 1173 de 17 de março de 1998 a Secretaria de Educação e Esportes, de acordo com a Diretoria de Normatização do Sistema Educacional, tendo em vista o parecer favorável da Diretoria Executiva de Orientação e Normatização Escolar, resolve aprovar a Emenda Regimental e atorizar, conforme os artigos 10 e 39, da Lei federal n° 9394 de 20 de dezembro de 1996, o funcionamento do Curso de Educação Infantil e Ensino Fundamental de 1° a 8° série e Ensino Médio na Escola Municipal Francisco Bernardino de Sá Carvalho, Cadastro Escolar n° M – 701.044.

 

Segurança

No dia 18 de janeiro de 1991 o Governador do Estado delegou poderes ao Ten-Cel Gilberto Gouveia de Sá Barrero, Comandante do 8° Batalhão de Polícia Militar, para assinar a Escritura Pública de Doação, sendo a doadora a Associação de Moradores e Amigos de Tupanaci, uma área de terra medindo 37 x 50 metros, localizado na Vila de Tupanaci, à rua Prof. Francisco Alves de Sá Carvalho, com objetivo de construir no local um Aquartelamento para a Polícia Militar.

 

Alguns anos depois, no dia 2 de novembro de 1995 o Cel. Jorge Luiz Moura, Comandante Geral da Polícia Militar de Pernambuco, informou que foi desativado o subdestacamento de Tupanaci e deslocado o efetivo para o Departamento de Polícia de Mirandiba. Atualmente o distrito não possui um destacamento de policiamento ostensivo ou uma unidade da polícia civil.

 

Transportes

Estradas

 

As estradas de acesso ao distrito de Tupanaci são todas vicinais. Em 14 de março de 2001 foi feito um apelo, de autoria do Dep. Augusto César, ao Secretário de infra-estrutura de Estado de Pernambuco, Fernando Dueire, no sentido de construir uma passagem molhada no rio Pajeú, no distrito de tupanaci com a justificativa de que “o acesso de visitantes e moradores ao distritito de Tupanaci, fica muito difícil no período de chuvas, bem como também no período de estiagem, é feita a abertura da comporta da barragem de Serrinha, deixando alagado”.

 

Depois de um década, em 31 de agosto de 2011, houve a abertura de licitação para a construção da Passagem Molhada, denominada Tupanaci, no rio pajeú, na divisa dos município de Mirandiba com Serra Talhada. A passagem teria 190 metros de Comprimento, 6,10 de largura, altura máxima de elevação de 1,70 e 1m de fundação. O investimento do governo estadual era de R$ 479 mil e a obra seria concluída em noventa dias, mas depois do início das obras tudo foi abandonado.

 

Distância de Tupanaci com outras localidades

Tupanaci

Mirandiba 32 km

Carnaubeira da Penha 24 km

Floresta 63 km

Serra Talhada 45 km.

Recife 458 km

Ruas do Distrito de Tupanaci

 

Rua Prof. Francisco Alves de Sá Carvalho.

 

Rua Alexandre Gomes.

 

Rua Cirilo Gomes.

 

Rua Manoel Bezerra.

 

Rua Projetada.

 

Correios e Telégrafos

No dia 7 de abril de 2013, foi inaugurada a Agência Comunitária dos Correios de Tupanaci. Fica na Rua Alexendre Gomes. S/n, Distrito de Tupanaci – Mirandiba. CEP: 56990970. Horário de Funcionamento de Segunda à Sexta: De 08:00 as 13:00.

 

Em 14 de março de 2001 foi feito um apelo, do Deputado Augusto César, ao Superitendente da TELEMAR S/A, Ronaldo Labrudi, no sentido de instalar 02(dois) orelhões no distrito de Tupanaci, tendo como justificativa as seguintes palavras: “ Esta comunidade não dispõe de nenhum orelhão, e o posto telefônico só funciona até às 22:00 horas, deixando a população sem comunicação, principalmente em casos de emergência, pois fica distante da sede do município.”

 

Font Resize